Simplicidade

Tu deitaste no meu colo e por conta do cansaço semanal, pegaste no sono, e eu fiquei a te observar por alguns breves minutos.

Não sei porque me encantou tanto quando te conheci, nem como consegues me manter apaixonada tão loucamente como sou. Teu sorriso frouxo só me faz ficar ficar com a cara mais boba que já vi e mesmo assim eu não ligo, sabe?

Não ligo, mas continuo sem entender o que fizeste para me persuadir de tal forma, de me deixar tão ciumenta, de me fazer querer arrumar-me tanto quando vens me ver. Eu não entendo, sei que é amor e coisa e tal, porém porque você?

Essa é a minha dúvida intrigante. Eu não sei explicar o que em ti e nesse teu jeito garotão, me fazem apaixonar cada dia mais.

Agora, te olhando dormir em meu colo, percebi que, na simplicidade da vida e no meio destes momentos, estarei me apaixonando sempre mais e com isso notei que teu jeito é único e se encaixou com o meu, a maneira como falas comigo nenhuma outra tem a capacidade de entender ou não tem o encaixe tão perfeito como teu sorriso com o meu.

Por fim, percebi que, o jeito como levantou neste momento, com a cara amassada e olhos vermelhos, e me deu um beijo, não como de cinema, mas um beijo nosso, é o que me faz querer estar contigo sempre. Na simplicidade de cada momento da vida. Porque te amo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s